Busquei vocês no fundo
Busquei vocês no mundo
No amor pra me embalar

Busquei vocês no fundo 
Busquei vocês em tudo
Até quando quis negar

Pai e mãe, um dengo, um ai
Pai e mãe, um dengo
Mãe e pai, uma dengo, um ai
Quando 'tá doendo

Mãe e pai, um dengo, um ai
Pai e mãe, um dengo
Pai e mãe, um dengo, um ai
Os filhos tão crescendo

São cinco meninos
São cinco destinos
Cinco histórias pra contar
E um coro pra cantar

São cinco meninos
Três meninas, dois meninos
Tantos netos pra brincar
E a bisneta pra chegar

São cinco meninos
São cinco destinos
Todos filhos de Oxalá
Da Bahia de Orixá

Busquei vocês no fundo
Busquei vocês no mundo
No amor pra me embalar

Busquei vocês no mundo
Busquei vocês em tudo
Até quando quis negar

Pai e mãe, um dengo, um ai
Pai e mãe, um dengo
Mãe e pai, uma dengo, um ai
Quando 'tá doendo

Pai e Mãe, um dengo, um ai
Mãe e pai, um dengo
Pai e mãe, um dengo, um ai
Os filhos tão crescendo

São cinco meninos
São cinco destinos
E uma orquestra pra tocar
E a família para alegrar

São cinco meninos
Três meninas, dois meninos
Cinco notas pra cantar
Tanto amor pra festejar

São cinco meninos
Três meninas, dois meninos
De vó Olga e Edgard
Vô Fernando e Mamá

Liliana e Antoninho
Com amor fizeram um ninho
Dó, ré, mi, fá, sol, si, lá
E um Deus pra celebrar

São cinco meninos
São cinco destinos
Cinco histórias pra contar
E uma orquestra pra tocar

Pai e mãe Bahia
Pai e mãe, mãe e pai
Pai e mãe Bahia
Pai e mãe, mãe e pai

São cinco meninos
São cinco destinos
Cinco histórias pra contar
E um coro pra cantar

São cinco meninos
Três meninas, dois meninos
E uma orquestra pra tocar
E a família para alegrar

Lai lai la 
Meninos, la la la la

Minha mãe que sempre dizia
Quando buscava alguma explicação
Terminava dizendo
Filho és, pai serás
Como quem disse, não entendera agora
Vais entender mais adiante

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *